quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

DECRETADA A PRISÃO DE PRESIDENTE DE SINDICATO DE PESCADORES



Foto: Blog SBRP On-Line
A justiça decretou mandado de prisão, busca e apreensão em desfavor de José Márcio, presidente do Sindicato dos pescadores de SBRP.

A polícia Militar não localizou Márcio, que encontra-se foragido, mas apreendeu documentos, computadores e algumas motos que supostamente seriam roubadas.

Márcio foi acusado pelo Ministério Público do Maranhão que solicitou instauração de inquérito pela Polícia Civil e chegou a conclusão de que sindicalistas estariam sendo estorquidos pela presidência do sindicato.

O inquérito instaurado para investigar o caso foi entregue ao MP que pediu à justiça, sendo atendido, a prisão, além da busca e apreensão.
Fonte: SBRP ON-LINE

MÁRCIO JÁ HAVIA SIDO DENUNCIADO POR AMEAÇA E EXTORSÃO EM 2011:
B.O.
O associado do Sindicato dos Pescadores do São Benedito do Rio Preto, Maelson da Silva Bezerra, registrou ontem(11/DEZ/2011) queixa na Delegacia daquela cidade, contra José Márcio Pereira da Silva, presidente do Sindicato dos Pescadores do município, que lhe ameaçou de morte. “Eu vou te matar, tu merece é morrer”, narrou no DP o reclamente, depois de sofrer agressões físicas, com socos, pontapés, além de ter sido jogado contra a parede (veja o registro policial).

Tudo aconteceu devido o denunciante organizar um abaixo assinado para que os associados deixem de pagar uma propina que vai de R$ 300 a R$ 1 mil para o presidente do Sindicato no ato do recebimento do Seguro Defeso, verba anual de R$ 2,160,00 para os pescadores durante os meses da Piraçema, época em que é proibida a pesca por causa da reprodução da espécie.

O denunciante acusa o presidente da entidade sindical de levar a propina há vários meses. Do contrário, o pescador é retirado do benefício. O que chama mais a atenção é o súbito crescimento do patrimônio do presidente sindical, que já se lançou candidato a prefeito de São Benedito do Rio Preto, além dos associados que nunca pegaram numa vara de pesca.

O fato já foi denunciado ao Ministério Público Federal, à Polícia Federal e ao CGU para que apurem denúncias de que o sindicalista fatura de forma irregular em cima do Seguro Defeso.



Fonte: Blog do Cardoso

VEJA MAIS: