quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

ESTÁDIO DE FUTEBOL DE URBANO SANTOS GANHARÁ REFORMA E ILUMINAÇÃO


O ministro do esporte, Aldo Rebelo (PCdoB), recebeu, ontem (27), em audiência, o deputado federal Francisco Escórcio (PMDB-MA). Na oportunidade, o deputado cobrou do ministro uma posição sobre a questão dos estados que ficariam fora da Copa do Mundo, em especial, o seu querido Maranhão.

O ministro ouviu atentamente as explicações do deputado e se manifestou no sentido de fazer de São Luis sede de pré-temporada de uma grande seleção, possivelmente a França, tendo em vista laços históricos que ligam os franceses à capital maranhense.

Em relação à Olimpíada, o ministro garantiu que o Maranhão sediará um esporte, que poderia ser, segundo ele, o handebol ou o basquete feminino, visto que são modalidades bastante populares no estado e com destaque nacional.

A grande vitória, entretanto, vem das adequações que nossas praças esportivas terão que sofrer para receber tais eventos. O ministro garantiu que tanto o estádio Castelão quanto o Complexo Esportivo passarão pelas reformas necessárias para que possam sediar eventos de tamanha envergadura, e que estará pessoalmente, entre final de abril e início de maio, visitando o Maranhão e suas praças esportivas.

O deputado Chiquinho Escórcio, atento às questões do Maranhão, conquistou ainda a reforma e iluminação dos estádios de futebol dos municípios de Anapurus e Urbano Santos.
Fonte: blog do Deputado Chiquinho Escórcio, texto resumido

ESCLARECIMENTO À POPULAÇÃO SOBRE CORTE DE ÁRVORES(EUCALIPTOS) DO ESTÁDIO MUNICIPAL:
Nesta última semana a cidade pôde testemunhar o corte de todos os  pés de eucalipto   do referido estádio, tal medida foi indispensável pelo que se segue:

1. em  ventania do último dia de carnaval deste ano as árvores ofereceram perigo de tombamento sobre barracas do evento e casas situadas na rua detrás do peneirão.

2. houve recomendação da CEMAR tal medida devido ao risco de tais tombamentos prejudicarem a rede elétrica, acontecimento que seria debitada responsabilidade ao município.

3. as árvores já passavam de período de corte, apresentavam idade avançada e problemas como brocas de mais de 5 metros.

4. recomendação técnica aconselha a NÃO-utilização de árvores com as caracteristicas do eucalipto em zonas urbanas. 

Tivemos esse prejuízo paisagístico momentâneo mas as secretarias de meio-ambiente, agricultura e infra-estrutura, em conjunto com o Conselho Gestor, estão verificando possibilidades de reposição arbórea. 

O material lenhoso ficou em propriedade do município que dará destinação a obras próprias, como ripas para cobertura de escolas.
Secom
video