domingo, 7 de julho de 2013

SECRETARIA ESTADUAL DE MEIO-AMBIENTE AUTORIZA DESMATAMENTO EM ÁREA EM DESAPROPRIAÇÃO PARA ASSOCIAÇÃO

A ÁREA FICA NA NASCENTE DO RIO PREGUIÇAS EM URBANO SANTOS-MA
 
Agricultores familiares da comunidade de São Raimundo, no município maranhense de Urbano Santos denunciam que a Secretaria Estadual de Meio Ambiente (SEMA) assinou uma autorização de desmatamento da comunidade em área cuja desapropriação foi solicitada pelo Incra em 2010.

Segundo os moradores, o Secretário Victor Mendes (PV) assinou a autorização baseado num falso laudo de analista da secretaria, em área onde a própria SEMA concedera anteriormente licença prévia ao Incra no processo de desapropriação.

A comunidade de São Raimundo fica às margens do Rio Preguiças. A área passa por um processo de devastação sócio-ambiental decorrente dos plantios de eucalipto da Empresa Suzano de Papel e Celulose, que já esmagou a mata ciliar no município vizinho de Anapurus.

Para os agricultores de Urbano Santos, a SEMA trabalha em função dos interesses privados do suposto proprietário da terra, que tenta impedir a desapropriação da área desde 2010 .

O Sindicato dos Trabalhadores Rurais declara que os agricultores lutam desde o final de 2012 para impedir que o senhor Evandro Loeff desmate 1000 hectares de Chapada que fica no entorno da Bacia do Rio Preguiças. Segundo ele, Loeff tem pretensões de transformar toda a área da Chapada em carvão vegetal para usufruto da Suzano.

A concessão da licença prévia emitida pela SEMA, que agora apóia o desmatamento da área, atesta que a região prestes a ser desapropriada pelo Incra tem viabilidade ambiental.
Fonte: Maranhão da Gente.